Tamanho do texto

Sete sérvios bósnios foram condenados por genocídio e presos pelo massacre de bósnios muçulmanos em Srebrenica, na Bósnia, em 1995. Depois de um julgamento que se estendeu por dois anos, o tribunal de crimes de guerra em Sarajevo decidiu que os homens ajudaram no assassinato sistemático de mais de mil bósnios muçulmanos em apenas um dia.

No total cerca de 8 mil homens e meninos foram mortos em uma semana.

Os sete receberam sentenças que variam entre 38 e 42 anos de prisão. Outros quatro sérvios foram absolvidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.