Mitrovica, 2 mar (EFE) - Manifestantes sérvios bloquearam hoje a entrada de um tribunal no em Motrovica, no norte do Kosovo, impedindo o início do primeiro processo judicial a cargo da Eulex, missão civil da União Europeia (UE).

Três juízes da Eulex começariam hoje a julgar dois sérvios acusados de um roubo na região de Leposavic, em outubro de 2007.

É a primeira vez que a missão europeia tenta realizar um processo judicial no norte do Kosovo, região onde se concentra a maior parte da minoria sérvia desta república, cuja independência,autoproclamada há pouco mais de um ano a Sérvia não reconhece, considerando-a uma de suas províncias.

"Por razões de segurança, o juiz decidiu adiar o julgamento", explicou à Agência Efe a porta-voz da Eulex Karin Lidmal.

Em seu protesto, os manifestantes perguntaram que lei aplicarão os juízes da missão europeia, se será a legislação das Nações Unidas ou a kosovar.

Os servo-kosovares são céticos sobre a missão da UE porque ela apoia a independência do Kosovo. EFE am/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.