Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Servidores colorados se organizam diante de temor de demissão em massa

Assunção, 22 abr (EFE).- Os servidores paraguaios filiados ao Partido Colorado, que foi derrotado nas últimas eleições presidenciais do Paraguai, anunciaram hoje que começarão a se organizar para enfrentar uma eventual demissão em massa quando o novo Governo assumir no dia 15 de agosto.

EFE |

"Há uma lei que ampara os funcionários públicos e o que vamos fazer é nos organizar e começar a trocar opiniões com companheiros de outras instituições para tentar criar uma frente comum", declarou Adriano Ramírez a jornalistas.

Ramírez, que preside uma entidade de servidores colorados, disse que cerca de 60% dos 200 mil funcionários estão filiados ao Partido Colorado, que nas eleições presidenciais do último domingo foi tirado do poder após uma hegemonia de 61 anos.

"Há temor, é lógico. Isto acontece diante de qualquer mudança de Governo e mais ainda de mudança de partido. Por isto todos temos que nos unir", afirmou Ramírez, que anunciou que os dirigentes sindicais de entidades públicas se sentarão para conversar a partir desta quarta.

Durante a campanha, o vencedor do pleito presidencial, o ex-bispo Fernando Lugo, prometeu garantias para todos os funcionários, salvo aqueles que ocupam cargos de confiança e os envolvidos em irregularidades. EFE lb/fal

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG