potencial ameaça - Mundo - iG" /

Serviços de segurança americanos investigam potencial ameaça

WASHINGTON - Autoridades dos Estados Unidos detectaram nesta terça-feira uma possível ameaça terrorista de um grupo radical islâmico africano.

Redação com agências internacionais |

"O FBI, o Departamento de Segurança Interna (incluindo o serviço secreto) e as agências de inteligência estão em coordenação com outras autoridades policiais para investigar e analisar informações recentes recebida sobre uma potencial ameaça no dia da posse", afirmou o porta-voz da Segurança Interna, Russ Knocke.

O porta-voz acrescentou que "a informação é de uma especificidade e credibilidade incertas".

Um aparato de segurança sem precedentes foi montado para a posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, nesta terça-feira.

Entre os que atuarão nas operações de segurança estão mais de 12.500 soldados, diversos militares da reserva, 8 mil policiais de Washington e das cidades nas imediações, além de mil oficiais do Corpo de Bombeiros. O controle da operação ficará a cargo do Serviço Secreto americano.

Aeronaves do Exército irão patrulhar o espaço aéreo de Washington e o rio Potomac estará cheio de embarcações armadas. Os militares também poderão fazer uso de mísseis terra-ar, na eventualidade de um ataque ou para impedir que ele ocorra.

Os militares também montaram operações de prevenção contra possíveis ataques químicos e biológicos e organizaram operações de emergência de larga escala.

Um total de 58 agências federais estão trabalhando na segurança do evento, diversas ruas e estações de metrô nas imediações da cerimônia estão fechadas e até mesmo pontes ligando o Estado vizinho de Virgínia à capital americana foram bloqueadas. 

Análises

Opinião

Leia também:

Galerias de fotos

Vídeos

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG