Al Jazira - Mundo - iG" /

Serviço secreto afegão prende 2 jornalistas da Al Jazira

Cairo, 15 jun (EFE).- O serviço secreto afegão prendeu dois jornalistas do canal de televisão Al Jazira, em Cabul, sem dar mais explicações, informou hoje a emissora em seu site em inglês.

EFE |

Segundo o canal de televisão, os nomes dos jornalistas presos são Hamidulá Shah e Qais Azimy, ambos de nacionalidade afegã.

Azimy foi detido depois de ter ido ontem a uma reunião na sede dos serviços secretos em Cabul, enquanto dois soldados das forças de segurança foram buscar Shah no escritório da "Al Jazira" na capital afegã.

Shah trabalha para o serviço em árabe da emissora e Azimi é um dos produtores do canal da "Al Jazira" em inglês.

Em declarações publicadas no site da emissora, o correspondente da "Al Jazira" em Cabul, David Chater, explicou que o taxista que levou Azimy à sede dos serviços secretos ficou esperando durante seis horas, até que alguém o mandou ir embora.

Para Chater, as autoridades afegãs poderiam ter ficado incomodadas por causa de uma reportagem, transmitida na sexta-feira passada e produzida pelo próprio Azimy, que se reuniu com guerreiros talibãs da localidade de Kunduz, no norte do país.

Por enquanto, o Governo do Afeganistão não se pronunciou sobre o evento, que aconteceu dois dias antes do início da campanha eleitoral para as eleições presidenciais no Afeganistão, previstas para o dia 20 de agosto. EFE ssa/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG