Sérvia está otimista perante a CIJ sobre independência do Kosovo

Belgrado, 20 abr (EFE).- A Sérvia tem razões para ser otimista no processo aberto perante a Corte Internacional de Justiça (CIJ), em Haia, sobre a legalidade da independência do Kosovo, assegurou hoje Vuk Jeremic, o ministro sérvio de Exteriores.

EFE |

Os meios de imprensa sérvios estão à espera de que a CIJ comunique hoje quantos países e quais apresentaram seus documentos contra e a favor da independência do Kosovo, que Belgrado não reconhece.

Em declarações à emissora de rádio B92, o chefe da diplomacia sérvia se mostrou convencido de que "o direito internacional está absolutamente de nosso lado".

Também assinalou que numerosos países de todos os continentes participarão deste processo, que qualificou de histórico porque pela primeira vez se debate sobre um ato de secessão e assegurou que terá grande impacto no futuro das relações internacionais.

A Sérvia entregou na sexta-feira passada à CIJ sua argumentação jurídica contra a independência do Kosovo, autoproclamada em fevereiro de 2008 pelos membros do Governo albano-kosovar.

Até agora, a independência unilateral do Kosovo foi reconhecida por 56 países, entre eles Estados Unidos e 22 membros da União Europeia (UE), enquanto não deram esse passo Rússia, China, Brasil, Índia e Espanha. EFE sn/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG