Sérvia decide realizar eleições no Kosovo

Belgrado, 3 abr (EFE) - O Governo sérvio decidiu hoje que as eleições parlamentares e locais que ocorrerão na Sérvia em 11 de maio serão realizadas também nas regiões povoadas por sérvios do Kosovo.

EFE |

O ministro sérvio para o Kosovo, Slobodan Samardzic, anunciou que o Governo enviará um pedido sobre a questão à missão das Nações Unidas no Kosovo (Unmik), o qual a Sérvia considera sua província, embora os albano-kosovares tenham proclamado um Estado independente em fevereiro passado em Pristina.

A Unmik, desdobrada no Kosovo em 1999, depois da guerra, é a única autoridade que pode decidir sobre a organização dessas eleições, as quais os líderes albaneses já qualificaram de inaceitáveis.

Os sérvios, que representam 5% de dois milhões de habitantes do Kosovo e estão concentrados no norte e em vários enclaves isolados do interior, não reconhecem a independência unilateral declarada por Pristina e reiteraram sua lealdade às instituições de Belgrado.

A Sérvia considera "ilegal" a independência unilateral do Kosovo, e adotou medidas diplomáticas e políticas para impedir sua entrada em instituições internacionais e conseguir abrir novas negociações sobre o estatuto desse território. EFE sn/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG