Sérvia anuncia que apoiará plano da ONU sobre missão da UE no Kosovo

Belgrado, 25 nov (EFE) - A Sérvia anunciou hoje que apoiará um plano da ONU para o desdobramento da missão civil da União Européia (Eulex) no Kosovo por sua neutralidade em relação ao estatuto desse território, que se autoproclamou independente em fevereiro. Um comunicado do Ministério de Exteriores sérvio foi divulgado na véspera da apresentação ao Conselho de Segurança da ONU, em Nova York, de um relatório do secretário-geral Ban Ki-moon relativo ao reajuste da presença internacional civil no Kosovo. O chefe da diplomacia sérvia, Vuk Jeremic, participará em Nova York da sessão. A Sérvia pedirá ao Conselho de Segurança da ONU que apóie o relatório (de Ban), que inclui o plano estipulado de seis pontos que definem as condições da presença internacional civil no Kosovo, segundo o comunicado. A nota acrescenta que o relatório confirma a Resolução 1.244 da ONU, que garante a soberania e a integridade territorial da República da Sérvia, a neutralidade da missão Eulex com relação ao status (do Kosovo), assim como a atividade e a presença da Unmik sobre todo o território do Kosovo.

EFE |

O reajuste da missão administradora interina da ONU no Kosovo (Unmik), desdobrada desde 1999, foi proposto por Ban em junho para a redução do papel da ONU, para que a Eulex assuma gradualmente mais responsabilidades em matéria de Polícia, Justiça e Alfândega.

A Sérvia insiste em que a missão civil no Kosovo deve contar com o apoio do Conselho de Segurança, e que não pode aplicar o plano do ex-mediador Martti Ahtisaari sobre a independência tutelada.

Caso contrário, a Sérvia bloquearia a aprovação do relatório com ajuda da Rússia, membro permanente do Conselho de Segurança.

As autoridades albano-kosovares rejeitaram o plano de seis pontos por considerar que viola sua soberania. EFE sn/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG