Serpente gigante se alimentava de dinossauros bebês

Nem sempre os dinossauros foram os grandes vilões predadores da Pré-História. Às vezes, eles eram o jantar. Um estudo divulgado hoje pelo jornal científico PLos Biology divulgou a descoberta de uma cobra de 3,5 metros que se alimentava filhotes de saurópodes.

iG São Paulo |

O fóssil de 67 milhões de anos foi desenterrado em 1987 na Índia, mas a princípio só foram identificados os restos de um ovo de saurópode e de animais recém-nascidos. Foi apenas em 2001, com a visita do paleontólogo  Jeff Wilson, da Universidade de Michigan, que foi reconhecido um esqueleto de uma cobra, enrolado nos ovos. Isso indica que a Sanajeh indicus , como a espécie foi chamada, foi um dos poucos predadores conhecidos dos saurópodes, gigantes herbívoros que foram os maiores animais a viver no planeta. Adultos, podiam chegar a 30 metros de comprimento, o que fazia ter poucos predadores naturais.

Pega no flagra


Representação do que seria um ataque da Sanajeh indicus a um filhote de dinossauro recém-saído do ovo. (Foto:Tyler Keillor/Ximena Erickson/Divulgação)


"É um espécime muito bem preservado, e foi fossilizado num momento de ação. Conseguimos capturar seu comportamento," disse Wilson. O paleontógo indiano Dhananjay Mohabey, co-autor do estudo, acredita que a cobra estava de tocaia num ninho de ovos até que um deles chocasse. Quando isso aconteceu, e ela estava prestes a abocanhar o filhote, aconteceu uma tempestade que enterrou a cena e fossilizou os animais. O local onde o fóssil foi descoberto é conhecida por ter vários ninhos de saurópode e pelo menos duas outras espécies de serpentes foram encontradas ali. Isso permite deduzir que provavelmente as cobras da região se alimentavam habitualmente de ovos e filhotes de dinossauros.

O estudo também mostra que, há pelo menos 100 milhões de anos atrás, as cobras já haviam desenvolvido mandíbulas móveis como as hoje encontradas em sucuris.

Leia mais sobre: Paleontologia

    Leia tudo sobre: dinossaurospaleontologia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG