Teerã, 18 abr (EFE).- O aiatolá Ahmad Jannati, encarregado de pronunciar o sermão oficial da sexta-feira em Teerã, destacou hoje a necessidade de transformar o Exército iraniano no mais poderoso do mundo, segundo a agência de notícias iraniana Fars.

Durante o sermão, considerado a voz oficial do regime iraniano, Jannati disse que "o Exército da República Islâmica do Irã deve ser em um futuro próximo a força de guerra mais bem equipada e treinada do mundo, para que ninguém se atreva a pensar em um ataque contra o Irã".

O clérigo, secretário do Conselho dos Guardiães, disse que as Forças Armadas iranianas devem ser poderosas para poder "defender o território islâmico e todos os muçulmanos do mundo, e ninguém se atreva a invadir Palestina, Iraque e Afeganistão".

Além disso, Jannati disse que "o fundamento do poderio do Exército iraniano, assim como o do corpo da Guarda Revolucionária, é rezar, se apoiar em Deus e distinguir entre 'haram' e 'halal' (o proibido e o permitido, segundo a lei islâmica)". EFE msh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.