Série de ataques no Iraque mata ao menos 28 e fere 100

(Atualiza com novo número de vítimas). Bagdá, 22 jun (EFE).- Pelo menos 28 pessoas morreram hoje no Iraque em dez atos violentos ocorridos em diferentes regiões do país, informaram à Agência Efe fontes do Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

Dois policiais, um civil e um suposto rebelde morreram hoje em um confronto entre uma patrulha iraquiana e um grupo de homens armados na cidade de Mossul, no norte do Iraque.

Em outro incidente na mesma cidade, dois soldados iraquianos morreram hoje em um ataque cometido por homens armados contra um posto de controle.

Também em Mossul, uma mulher foi assassinada a tiros por desconhecidos que invadiram sua casa, enquanto um civil foi morto a tiros no centro da cidade.

Em Bagdá, pelo menos 13 pessoas morreram hoje e outras 81 ficaram feridas em vários ataques.

Fontes militares e do Ministério do Interior iraquiano explicaram à Efe que a explosão de um carro-bomba no centro da capital deixou cinco mortos e 20 feridos.

Também em Bagdá, uma bomba explodiu em um mercado popular na parte nordeste da cidade, deixando três mortos e 30 feridos.

Horas antes, uma explosão ocorrida durante a passagem de um ônibus na capital iraquiana matou três pessoas e feriu outras 15, afirmaram fontes policiais iraquianas.

Além disso, três pessoas ficaram feridas em outro atentado similar ocorrido minutos antes em uma praça de Bagdá.

Ontem à noite, duas pessoas morreram e 13 ficaram feridas devido à explosão de uma bomba em um café na região sul da capital iraquiana.

Estes ataques ocorrem às vésperas do início da retirada das tropas americanas das cidades iraquianas, prevista para o próximo dia 30.

Vários atentados foram cometidos nos últimos dias. O mais sangrento deles aconteceu no sábado em um mercado popular ao sul de Kirkuk, no norte do Iraque, deixando 70 mortos e 180 feridos. EFE cae/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG