Série de ataques deixa ao menos 27 mortos no Afeganistão

QANDAHAR - Ao menos 27 pessoas, incluindo um prefeito e muitos civis, morreram em uma série de ataques no Afeganistão nesta segunda-feira, informaram autoridades.

Reuters |

A violência tem aumentado nitidamente nos últimos anos no Afeganistão, apesar do número crescente das tropas da Otan e dos Estados Unidos no país, mais de sete anos após o regime Taleban ter sido expulso do poder pelas forças norte-americanas.

No ataque mais grave desta segunda-feira, 12 civis - quatro mulheres, duas crianças e seis homens - morreram quando uma bomba explodiu no acostamento de uma estrada no distrito de Shamolzai, na província de Zabul, informou Mohammad Wazir, chefe do distrito de Shalmozai. "Foi uma mina plantada recentemente pelo Taleban", disse ele à Reuters.

Pouco depois, guerrilheiros do Taleban prepararam uma emboscada para um comboio de uma firma de segurança em outra área de Zabul, matando seis seguranças afegãos do comboio e dois civis que estavam próximos, disse Ghulam Jailani, policial da província.

AP
Policial observa carro destruído após explosão

Policial observa carro destruído após explosão em Laghman

Também nesta segunda-feira, um prefeito da província e outras seis pessoas morreram no ataque de um suicida adolescente que se explodiu no portão de um prédio da administração municipal na província de Laghman, informou o Ministério do Interior.

Três guarda-costas e três civis morreram junto com o prefeito da província, Mohammad Rahim, segundo o Ministério do Interior.

Um porta-voz do gabinete da administração da província, Sayed Ahmad Sopai, disse que 10 pessoas também foram feridas, incluindo três mulheres. Ele disse que o homem-bomba suicida foi identificado como um menino de 14 anos da província de Paktika.

Ninguém assumiu a autoria imediata dos ataques. O Taleban tem usado frequentemente homens-bomba para atacar prédios do governo como parte de sua campanha para coagir as forças estrangeiras no Afeganistão.

O grupo militante tem aumentado a extensão e o escopo de suas atividades e tem efetuado um número grande de ataques nas principais cidades desde o ano passado.

Para combater a insurgência do Taleban, os Estados Unidos planejam mais do que dobrar suas forças no Afeganistão este ano, de 32 mil no começo do ano para 68 mil até o final do ano. Outros países ocidentais têm aproximadamente 30 mil tropas no Afeganistão.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG