Sequestradores querem trocar reféns britânicos por presos xiitas

A irganização xiita que, desde 2007, mantém sequestrados cinco britânicos no Iraque se disse disposta a libertar um deles em troca de dez de seus membros detidos pelas forças americanas.

AFP |

"Libertaremos um refém quando os britânicos cumprirem sua promessa de convencer os americanos a soltar dez líderes do Assaeb al Haz (Ligas do Direito)", declarou Abu Ali, desse grupo iraquiano xiita, falando numa entrevista divulgada no site www.elaph.com.

Um porta-voz da embaixada britânica em Bagdá não quis fazer comentários, afirmando apenas que tudo está sendo feito para libertar os reféns.

No sábado passado, a chancelaria britânica indicou ter recebido de sua embaixada no Iraque um vídeo com imagens de um dos reféns, o consultor Peter Moore, que assegurava estar sendo bem tratado e pedia ao governo britânico que se mobilizasse por sua libertação.

Moore e seus quatro guarda-costas, que trabalhavam para uma firma canadense de segurança, foram sequestrado em 29 de maio de 2007 no prédio do ministério iraquiano das Finanças por 40 indivíduos que vestiam uniformes policiais.

mar/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG