Sequestradores de 2 turistas europeus fogem ao Níger

Argel, 30 abr (EFE).- Os dois turistas europeus - um britânico e um suíço - sequestrados em janeiro no Níger por uma suposta ramificação local da Al Qaeda foram transferidos para o norte do país pelos sequestradores, segundo os serviços de segurança argelinos, informa hoje o jornal El Khabar.

EFE |

O jornal, que cita fontes de segurança argelinas, explica que os sequestrados transferiram os reféns do Mali ao Níger perante a pressão militar para encontrá-los.

Os sequestradores seriam dirigidos por um indivíduo identificado pelos serviços de segurança argelinos como "Essufi", chefe da Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) no Saara argelino.

Os investigadores acreditam que os sequestrados estão nas montanhas da região de Akads, no norte do Níger, a cerca de 400 quilômetros da fronteira que separa esse país da Argélia.

Os sequestradores reiteraram as ameaças de morte, se suas exigências de libertação de presos islamitas não forem atendidas.

EFE sk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG