Sequestrada única agente policial de povoado mexicano fronteiriço com os EUA

Em Guadalupe, elaera a única policial interina desde junho, porque ninguém se apresentou por causa do medo de ser assassinado

EFE |

Um grupo armado sequestrou Erika Gándara, a única agente policial de Guadalupe, Distrito de Bravos, na fronteira com os Estados Unidos, informou neste domingo a Procuradoria Geral do Estado de Chihuahua, ao qual pertence este município.

Erika de 28 anos, foi atacada na quinta-feira passada de manhã quando um grupo armado entrou em sua casa no mesmo povoado e a levou à força, explicou o porta-voz da Promotoria estatal, Carlos González. Neste município, Erika era a única policial interina desde junho, porque ninguém se apresentou para o posto por causa do medo de ser assassinado.

Atualmente são cinco as mulheres que dirigem as delegacias de Polícia de vários municípios conflituosos neste estado, norte do país. Chihuahua é um dos estados mais violentos do México que foram castigados pelo narcotráfico, especialmente Ciudad Juárez, na fronteira com a americana El Paso (Texas) e onde foram registrados mais de 3.100 assassinatos neste ano.

    Leia tudo sobre: méxiconarcotráfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG