Santiago do Chile, 8 mar (EFE).- Uma sequência de terremotos de magnitude superior a 4 graus na escala Richter sacudiu hoje a costa da região central do Chile, cujos epicentros foram localizados ao norte da cidade de Valparaíso.

Os tremores foram considerados de intensidade menor pelo Escritório Nacional de Emergência (Onemi, na sigla em espanhol), segundo o qual os sismos não causaram vítimas ou danos materiais.

A onda de terremotos, que especialistas incluem entre as réplicas do ocorrido em 27 de fevereiro, começou às 12h30 locais (mesmo horário de Brasília) com um tremor de 4,2 graus, segundo o Instituto Sismológico da Universidade do Chile, que situou seu epicentro sob o mar a 41 quilômetros ao norte de Valparaíso.

Depois, foram registradas réplicas nas regiões de Los Andes, San Felipe y Quillota, Lugo Papudo, La Ligua, Limache, Casablanca, Valparaíso, Santiago e San Fernando.

Às 13h16, houve um terremoto de 4,7 graus, com o epicentro localizado na mesma região do litoral chileno, a cerca de 150 quilômetros ao noroeste de Santiago e a 10,2 quilômetros de profundidade.

Quase meia hora depois, foi registrado um terremoto de 4,8 graus - o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) lhe atribuiu uma magnitude de 5,0 graus - com epicentro a 44 quilômetros ao norte de Valparaíso e a 6,9 quilômetros de profundidade.

Outras regiões do Chile continuam afetadas pelas réplicas. É o caso de Bío-Bío, que foi atingida hoje por um terremoto de 5 graus na escala Richter, segundo o USGS. EFE ns/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.