Separatistas tâmeis descartam rendição

Os separatistas tâmeis encurralados pelo Exército na região nordeste do Sri Lanka anunciaram que não se renderão até que suas demandas sejam cumpridas, afirmou à AFP o porta-voz dos insurgentes, S. Puleethevan.

AFP |

"Anunciamos claramente nossa posição à comunidade internacional: nunca nos renderemos enquanto nossas legítimas reivindicações não forem satisfeitas", afirmou Puleethevan em uma ligação telefônico à AFP

O porta-voz confirmou ainda o prosseguimento dos combates entre insurgentes e o Exército cingalês, um dia depois de Colombo ter rejeitado um cessar-fogo oferecido pela guerrilha separatista.

Encurralados em apenas 10 km2 de uma faixa costeira, os Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) lutam desde 1972 por um Estado independente no Sri Lanka, uma ilha habitada em sua maioria por cingaleses (74%).

O governo do Sri Lanka anunciou nesta segunda-feira que determinou às Forças Armadas o fim do uso de armas pesadas contra o último enclave nas mãos dos rebeldes tâmeis, para proteger as dezenas de milhares de civis presos na região.

O anúncio foi feito pelo gabinete do presidente Mahinda Rajapakse.

Leia mais sobre: Sri Lanka

    Leia tudo sobre: sri lanka

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG