Separatistas matam 15 civis no Sri Lanka

Nova Délhi, 22 fev (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas em um ataque atribuído à guerrilha tâmil em um povoado no leste de Sri Lanka, informou hoje o Ministério da Defesa cingalês em comunicado.

EFE |

Segundo a nota, um grupo de guerrilheiros do grupo separatista Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) invadiu neste sábado a aldeia de Kirimetiya, no distrito de Amparai, "e abriu fogo indiscriminado contra civis".

Os civis feridos, em sua maioria lenhadores, foram levados ao hospital de Amparai.

Polícia e Exército foram ao local para reforçar a segurança e tentar localizar os responsáveis pelo ataque, que não foi confirmado nem negado pelos LTTE, atualmente encurralados pelo Exército em uma área de 100 quilômetros quadrados no distrito de Mullaitivu, um de seus redutos históricos, no nordeste da ilha.

Nele, cerca de 250 mil civis estão presos em meio ao fogo cruzado, segundo organizações de assistência humanitária.

A guerrilha tâmil luta pela independência nas áreas desta ilha do Índico onde sua etnia é majoritária, o norte e o leste do país.

Desde o início da guerra, em 1983, quase 100 mil pessoas morreram vítimas dos combates. EFE daa/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG