Moscou, 25 set (EFE).- Os líderes da Abkházia e da Ossétia do Sul se dirigiram por escrito ao presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, para que reconheça a independência das regiões separatistas georgianas.

O serviço de imprensa da Presidência bielo-russa informou hoje que Minsk já respondeu ao pedido dos líderes da Abkházia, Serguei Bagapsh, e da Ossétia do Sul, Eduard Kokoiti, segundo a agência russa "Interfax".

O Parlamento bielo-russo, que sairá das eleições legislativas, abordará o assunto do reconhecimento da independência dessas regiões georgianas, acrescentou a fonte.

Assim prometeu recentemente Lukashenko, que nunca chegou a expressar apoio explícito a essas regiões e manteve durante várias semanas silêncio sobre o conflito entre russos e georgianos.

Em 28 de agosto e após pressões de Moscou, Lukashenko afirmou que "Rússia não tinha outra opção moral que reconhecer o direito à autodeterminação" da Abkházia e da Ossétia do Sul. EFE io/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.