Separatistas denunciam disparos georgianos contra a Ossétia do Sul

Uma aldeia da Ossétia do Sul, uma região separatista da Geórgia, foi alvo de disparos procedentes do lado georgiano da fronteira, informou neste domingo o canal de TV russo Vesti-24, citando um porta-voz oficial da Ossétia do Sul.

AFP |

Um posto policial da aldeia de Ubiat foi alvo de disparos de canhões e lança-granadas, afirmou o porta-voz, destacando que não foram registradas vítimas nem danos materiais.

A tensão aumentou na Ossétia do Sul sexta-feira passada, quando os separatistas afirmaram que duas pessoas haviam morrido em bombardeios intensos e ameaçaram responder com armas pesadas.

A Rússia acusou a Geórgia de "agressão" contra a Ossétia do Sul. A União Européia e a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) expressaram sua preocupação com estes enfrentamentos, os mais violentos da região neste ano.

A Geórgia acusa a Rússia de tentar anexar a Ossétia do Sul e outra região separatista, a Abkházia, e de solapar seus esforços para aderir à Otan. Moscou, por sua vez, acusa a Geórgia de planejar recuperar as duas regiões pela força.

cal/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG