Sensor Pitot modificado falha em voo da Air France entre Roma e Paris

Um airbus A-320 da Air France que fazia a ligação entre Roma e Paris registrou um problema técnico em um sensor Pitot modificado em 13 de julho, anunciou a companhia.

AFP |

"Houve uma pane de alguns segundos, sem consequências", declarou à AFP um porta-voz da Air France.

"Uma análise está em andamento com a construtora, e o Escritório de Investigações e Análises (BEA) está investigando as causas do incidente", acrescentou.

"Trata-se de uma sonda modificada", prosseguiu o porta-voz, destacando que o sensor que falhou não é do mesmo modelo do que foi questionado no caso da queda do voo 447 entre Rio de Janeiro e Paris, que deixou 228 mortos em 1º de junho.

Os sensores Pitot foram questionados por dois sindicatos de pilotos pouco após o acidente do voo 447 da Air France, o que levou a companhia a acelerar a substituição das sondas por um modelo mais recente.

Encarregado da investigação técnica do acidente do voo 447, o BEA afirmou que os Pitot eram "um elemento, mas não a causa" da catástrofe.

kap/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG