Senadores discutem abrigo dado a Zelaya em embaixada brasileira

BRASÍLIA - A Comissão de Relações Exteriores do Senado Federal se reúne na tarde desta terça-feira para discutir o abrigo dado ao presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, que se refugiou na embaixada brasileira na segunda-feira.

Sarah Barros, repórter em Brasília |

AFP
Apoiadores de Zelaya dormem na embaixada brasileira

Apoiadores de Zelaya dormem na embaixada brasileira

Segundo o Ministério das Relações Exteriores brasileiro, além de Zelaya, outras 70 pessoas ocupam a embaixada do Brasil em Honduras. Nesta terça-feira, foram cortadas a luz, água e telefone no local.

Segundo o presidente da comissão, senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), o objetivo da reunião é obter informações sobre as condições em que o abrigo foi concedido a Zelaya e sobre a integridade da embaixada brasileira. Também vamos avaliar a necessidade de tomar providências contra uma invasão, se for o caso, pontuou Azeredo.

A reunião contará com a presença do diretor do Departamento da América Central e Caribe, embaixador Gonçalo Mourão. A embaixada é território brasileiro e não pode sofrer ameaça, destacou Azeredo. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, os funcionários da embaixada foram orientados a ficar em casa nesta terça-feira.


Leia também:

Leia mais sobre Honduras

    Leia tudo sobre: brasilhondurasmanuel zelaya

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG