Senadora pede que Uribe a receba para falar sobre libertações de reféns

Bogotá, 18 ago (EFE).- A senadora opositora colombiana Piedad Córdoba disse hoje que enviou uma carta ao presidente do país, Álvaro Uribe, na qual lhe pede para que a receba com o objetivo de conversar sobre as libertações de reféns anunciadas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e a troca humanitária.

EFE |

"O objetivo é reiterar a solicitação do convite para conversar sobre as libertações e a troca humanitária", mecanismo pelo qual as Farc se propõem a trocar 23 policiais e militares sequestrados (o Governo fala que são 24) por 500 guerrilheiros presos, disse a legisladora aos jornalistas.

Córdoba acrescentou que também está administrando um encontro com o presidente da conferência dos bispos da Colômbia, monsenhor Rubén Salazar, para buscar uma aproximação com o Governo.

As Farc expressaram sua disposição de libertar o cabo do Exército Pablo Emilio Moncayo, sequestrado há quase 12 anos, e o soldado Josué Daniel Calvo, assim como de entregar o cadáver de um capitão da Polícia que morreu em cativeiro.

Uribe autorizou em 8 de julho a participação de Córdoba nessas libertações, mas sob a condição de que as Farc entreguem todos os policiais e militares que têm em seu poder, assim como os corpos de três homens que morreram em cativeiro.

A senadora pediu para ter uma reunião com o presidente com o objetivo de definir como proceder para que as libertações anunciadas ocorram, mas esse encontro ainda não ocorreu.

Córdoba divulgou ontem provas de vida de dois dos mais recentes reféns das Farc e prometeu que haverá mais evidências nos próximos dias, correspondentes a outros militares e policiais considerados "passíveis de troca" pelo grupo rebelde.

Em um vídeo de quase 15 minutos, aparentemente gravado em julho, o major da Polícia Guillermo Javier Solórzano e o cabo do Exército Salín Antonio Sanmiguel Valderrama aparecem em bom estado de saúde e de bom humor. EFE mb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG