Bogotá, 5 jun (EFE).- A senadora colombiana Piedad Córdoba cancelou hoje uma viagem à cidade de Cereté, no noroeste do país, após o alerta de organismos de segurança e diante de ameaças contra si, informaram fontes do movimento político Poder Cidadão, da qual a parlamentar faz parte, em Bogotá.

Córdoba, que vem atuando como mediadora diante das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e participou da libertação de 12 reféns da guerrilha desde o ano passado, viajaria a Cereté para assistir a um fórum pela paz nesse município.

"Quando ia entrar no avião, membros do DAS (Departamento Administrativo de Segurança, inteligência estatal) lhe recomendaram não viajar", assinalaram as fontes.

Os membros do Poder Cidadão a advertiram sobre "movimentos estranhos" em Cereté, o que levou ao cancelamento da viagem, acrescentaram.

Ainda segundo as fontes, Córdoba participou do fórum pela Internet. EFE rrm/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.