Senadora diz: processo de libertação de reféns das Farc será reativado

Bogotá, 4 jan (EFE).- A congressista colombiana Piedad Córdoba assegurou hoje que a partir da próxima quarta-feira será reativado o processo da anunciada libertação de seis reféns que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) prometeram entregar.

EFE |

A legisladora do Partido Liberal, uma das mais ferrenhas opositoras do presidente colombiano, Álvaro Uribe, se recusou a dar declarações à imprensa durante o fim de semana e só confirmou à "Caracol Radio" que depois da quarta-feira serão conhecidas boas notícias.

Córdoba disse que pela complexidade do tema não pode dar mais detalhes sobre o assunto.

No entanto, disse que não responderá às declarações do ministro da Defesa, Juan Manuel Santos, que a acusou de urdir com as Farc um plano para "colocar contra a parede ao Governo, fazer um grande 'show' e inflar politicamente" a legisladora com a libertação dos reféns.

Piedad Córdoba afirmou que, segundo sua opinião, possivelmente as Farc farão a liberação em duas fases: na primeira serão entregues quatro membros da polícia ainda não identificados e na segunda os dois políticos.

As seis pessoas que serão liberadas fazem parte dos 28 seqüestrados passíveis de troca que as Farc querem trocar por cerca de 500 de seus rebeldes presos se for alcançado um acordo humanitário. EFE fer/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG