Bogotá, 30 jan (EFE).- A senadora colombiana Piedad Córdoba confirmou hoje que a libertação de seis reféns por parte das Farc vai se dará em três períodos e que os primeiros a ficar em liberdade, este domingo, serão três policiais e um militar.

Córdoba, que viajará hoje ao Brasil para iniciar a operação, declarou aos jornalistas que, de acordo com o cronograma em seu poder, no domingo ficarão livres os quatro militares, na segunda-feira o ex-governador do departamento de Meta Alan Jara e na terça-feira o ex-deputado regional de Valle del Cauca Sigifredo López.

A bordo de uma aeronave contratada pelo Governo colombiano, a senadora e quatro integrantes do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) voarão a São Gabriel da Cachoeira, no estado do Amazonas, e dali a uma base militar onde estão os helicópteros civis que serão usados na operação.

"Os seis sequestrados já estão nos lugares onde os receberão os delegados do CICV", ressaltou Córdoba. EFE gta/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.