Senadora colombiana diz que Farc darão local de libertação em breve

Bogotá, 2 jan (EFE).- A senadora Piedad Córdoba, da oposição colombiana, disse hoje que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) indicarão em breve o local onde libertarão seis seqüestrados, dentre os mais de 700 que se estima que mantenham em cativeiro, o que ocorreria até 15 de janeiro.

EFE |

As Farc anunciaram em 21 de dezembro que libertarão como gesto unilateral seis reféns, entre eles dois políticos, mas ainda não deram detalhes do local nem da data.

Os dois políticos seriam Alan Jara, ex-governador de Meta, seqüestrado em 15 de julho de 2001, e Sigifredo López, um dos 12 deputados de Valle del Cauca capturado em abril do 2002 em uma invasão à assembléia regional em Cali e cujos colegas foram assassinados em 2007 pela guerrilha.

Piedad Córdoba precisou que, segundo sua opinião, possivelmente as Farc farão a libertação em duas fases: na primeira serão entregues quatro membros da polícia ainda não identificados e na segunda os dois políticos. EFE gta/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG