cinematográfico - Mundo - iG" /

Senadora colombiana descreve resgate de ex-deputado como cinematográfico

Cali (Colômbia), 5 fev (EFE).- A senadora colombiana Piedad Córdoba disse que o resgate do ex-deputado Sigifredo López nesta quinta-feira foi cinematográfico, e que, durante a operação, recebeu uma carta do número um das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, Alfonso Calo.

EFE |

Córdoba não deu detalhes do conteúdo da carta, mas falou das dificuldades que a missão humanitária teve para receber López, que em sua juventude foi atleta e chegou a se destacar no arremesso de peso e no lançamento de martelo.

Foi "muito difícil", pois o estado do terreno impediu a aterrissagem do helicóptero que transportava a comitiva, disse a senadora.

"Depois, nos aproximamos e avisamos que duas pessoas, uma da Cruz Vermelha e eu, pularíamos do helicóptero para receber Sigifredo", prosseguiu Córdoba.

O helicóptero brasileiro, então, chegou perto de um rio, de onde os integrantes da missão humanitária, sem sucesso, tentaram se comunicar "com a pessoa que estava com Sigifredo".

Nessa hora, os guerrilheiros das Farc perceberam que o helicóptero não conseguia aterrissar, pois "afundava devido ao peso".

Após pular do helicóptero, Córdoba e um membro da Cruz Vermelha esperaram meia hora por Sigifredo López.

Quando os guerrilheiros finalmente chegaram com o refém, a senadora e López se abraçaram e se sentaram "um momento para conversar". Em seguida, Córdoba entregou ao ex-deputado regional uma foto recente da mulher, Patricia Nieto, de sua mãe, Nelly Tobón e de seus filhos, Sergio e Lucas.

"(Ele) não conseguia acreditar", lembrou a senadora emocionada.

Está previsto que nas próximas horas Córdoba leia publicamente a carta de Alfonso Calo.

Em declarações à Agência Efe, a senadora comentou que é hora fazer o processo avançar e que "a mensagem de Calo é uma ótima oportunidade para dar espaço à paz". EFE fer/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG