Bogotá, 16 ago (EFE).- A senadora de oposição colombiana Piedad Córdoba apresentará amanhã provas de vida enviadas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) de vários reféns em poder da guerrilha, mas não revelou quantas são, nem a quais sequestrados correspondem.

Fontes do grupo Colombianos e Colombianas pela Paz (CCP), liderado pela senadora, confirmaram hoje à imprensa local que Piedad convocará a imprensa amanhã à tarde, para apresentar as provas e entregá-las aos parentes dos sequestrados.

A senadora afirmou ontem que o material fornecido pelas Farc já está em Bogotá e que, além das provas que serão entregues amanhã, é possível que outras sejam apresentadas nos próximos dias.

As Farc mantêm 23 militares e policiais sequestrados, que pretendem liberar em toca da libertação de guerrilheiros presos na Colômbia e nos Estados Unidos. EFE mb/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.