Senador uruguaio defende liderança de Brasil e Argentina na América do Sul

O senador José Mujica, da coalizão de esquerda no poder no Uruguai, fez uma forte defesa da integração regional e disse que Brasil e Argentina devem estar à frente desse processo, durante uma apresentação, nesta quarta-feira, em Buenos Aires.

AFP |

"Pelo peso de suas economias, pelo acúmulo de conhecimento, pelos recursos naturais que têm, Argentina e Brasil devem liderar o processo de construção de economias complementares e tentar juntar todos os nossos braços", afirmou o ex-ministro da Pecuária do presidente Tabaré Vázquez.

O líder do Movimento de Participação Popular (MPP) fez suas considerações no I Congresso Ibero-Americando da Sociedade Internacional para o Desenvolvimento (SID), cujo tema é "Passando do crescimento para o desenvolvimento".

Para Mujica, a integração não é uma questão de elites - "falta o calor das massas" ao debate regional.

"Temos tido relações muito fenícias. Eu vendo tanto para você e compro tanto, mas enquanto isso um médico, ou um engenheiro argentino, não podem ir trabalhar no Uruguai e vice-versa", completou esse ex-guerrilheiro tupamaro, um dos dirigentes mais bem posicionados nas pesquisas para suceder o presidente Vázquez.

jos/elg/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG