Senador Teddy Kennedy passa mal durante almoço para Obama

WASHINGTON - O senador Edward Teddy Kennedy, que teve um tumor maligno no cérebro removido no último ano, passou mal durante o almoço de comemoração da posse de Obama em Washington. Segundo um assessor do Congresso norte-americano, ele teria sofrido convulsões.

Redação com agências internacionais |

Teddy Kennedy, de 76 anos, foi socorrido e retirado do prédio do Capitólio em uma maca. Segundo a rede de notícias AP, Kennedy foi levado para o Hospital Central de Washington, está acordado e segue sob observação dos médicos.

Em discurso no almoço, o presidente Barack Obama disse que suas orações estão com o senador e sua família.

"Estaria mentindo para vocês se não dissesse que, neste momento, parte de mim está com ele. E acho que isso vale para todos nós", disse o novo presidente dos EUA. "Este é um momento de alegria. Mas é também um momento solene. E minhas orações estão com ele e com sua família."

Bastião da ala liberal

O senador Edward Kennedy, bastião da ala liberal do Partido Democrata, retornou ao Senado dos Estados Unidos em novembro de 2008, após ter ficado afastado para a retirada de um tumor cerebral maligno.

Edward Kennedy, de 76 anos, foi eleito senador pelo Estado de Massachusetts em 1962 e é irmão do presidente assassinado John Fitzgerald Kennedy.


Teddy Kennedy (direita) acompanhou a cerimônia de posse de Obama / AP

* Com AP

Análises

Opinião

Leia também:

Galerias de fotos

Vídeos

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG