Senador republicano vê apoio a pacote de Obama desgastado

WASHINGTON (Reuters) - O segundo nome mais importante dos republicanos no Senado dos EUA alertou, neste domingo, que o apoio do partido ao pacote de estímulo econômico do presidente Barack Obama está desgastando-se. Para o senador Jon Kyl, grandes mudanças estruturais são necessárias para ganhar o apoio republicano. Você precisa começar do zero e reconstruí-lo, disse o senador Kyl, do Arizona, ao programa de TV Fox News Sunday.

Reuters |

O senador afirmou que o projeto proposto, com valor que chega próximo a 900 bilhões de dólares, "desperdiça uma tonelada de dinheiro".

Kyl levantou questões quanto a itens do pacote, incluindo um desconto fiscal de 500 dólares, a criação de dezenas de novos programas governamentais e a transferência de dinheiro aos Estados.

"Há grandes mudanças estruturais que deveriam acontecer", disse ele.

Os republicanos pretendiam não atrasar o projeto, mas querem "grandes emendas que irão redirecioná-lo" para tratar do colapso do setor imobiliário e propiciar medidas de alívio fiscal, disse Kyl.

O senador Richard Durbin, de Illinois, o segundo nome mais importante do Partido Democrata no Senado, disse ao mesmo programa de TV que os democratas estão "muito abertos" às idéias republicanas e a emendas ao projeto, incluindo a uma supervisão para evitar erros na implementação do programa de resgate econômico.

O governo Obama e os democratas já cortaram dois itens do projeto aprovado na Câmara dos Deputados, sem ter recebido um único voto republicano. Saiu do projeto um gasto de 200 milhões de dólares para recuperar o parque aberto National Mall, em Washington, e também foram cortados milhões de dólares que iriam para o planejamento familiar -- segundo os republicanos, o dinheiro seria para financiar contraceptivos.

(Texto de Paul Eckert)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG