Senador quer processar Schwarzenegger por cortes orçamentários

Sacramento (EUA.), 7 ago (EFE).

EFE |

- O líder do Senado californiano disse hoje que apresentará um processo contra o governador Arnold Schwarzenegger na próxima semana para desfazer os cortes orçamentários impostos pelo governante na semana passada.

O senador Darrell Steinberg disse a repórteres no Capitólio que não só pretende apresentar a ação na próxima semana no Supremo estadual, mas que arcará com as despesas do processo.

"Nós (os californianos) elegemos um governador, não um ditador, e o governador Schwarzenegger claramente abusou de sua autoridade", disse Steinberg, representante democrata de Sacramento.

"Estou em total acordo (com Steinberg)", disse a líder da Assembleia, Karen Bass. "Se o governador não tivesse apressado sua decisão de impor mais cortes, não estaríamos nesta situação", disse a democrata por Los Angeles.

O processo será custeado com fundos da campanha eleitoral de Steinberg.

Um grupo de advogados também entrará com um recurso para que os cortes adicionais só sejam impostos quando houver uma resolução.

Ao assinar a modificação do plano orçamentário no final do mês de julho -o qual fechou o déficit de mais de US$ 23 bilhões - o governador acrescentou cortes adicionais de US$ 500 milhões que não faziam parte do acordo com os líderes legislativos.

Para Steinberg, o líder republicano violou as diretrizes da Constituição estadual sobre a atribuição equânime do Poder Executivo e o Poder Legislativo, e afirmou que o governador não tinha autoridade para reduzir os fundos. EFE vw/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG