Senador dos EUA Ted Kennedy deixa hospital onde estava internado por tumor

O senador norte-americano Edward Kennedy, de 76 anos, deixou o hospital onde estava internado em Boston (Massachusetts, nordeste), cumprimentando seus simpatizantes com o polegar erguido nesta quarta-feira, dia seguinte ao anúncio de que tem um tumor maligno.

AFP |

O patriarca democrata, último irmão vivo do ex-presidente John F. Kennedy e figura predominante no Congresso por quase meio século, foi internado no final de semana depois de sofrer um ataque.

Kennedy tem um glioma maligno no cérebro, um tumor proveniente do tecido nervoso, e seus médicos adiantaram que o tratamento necessário nesse caso é o de radioterapia e quimioterapia.

jkb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG