desprezar propostas de reforma da saúde - Mundo - iG" /

Senador dos EUA pede para se desprezar propostas de reforma da saúde

Washington - O senador republicano Mike Enzi pediu ao Senado dos Estados Unidos para que despreze as atuais propostas para a reforma nacional de saúde, por considerá-las destinadas ao fracasso no Congresso.

EFE |

Durante um discurso semanal de seu partido, o republicano de maior categoria no Comitê de Saúde do Senado advertiu que "se o Congresso e o governo arruinarem isso, cada um de nós pagará os erros, e também as próximas gerações".

"Precisamos de reformas que façam os custos do cuidado médico realmente caírem para os trabalhadores americanos e necessitamos nos assegurar de que não aumentaremos o déficit e que não acrescentaremos mais à dívida recorde que já estamos deixando a nossos filhos e netos", se queixou Enzi.

"Os projetos de lei apresentados pelos democratas do Congresso não podem cumprir com estes padrões", assegurou o senador de Wyoming.

Segundo Enzi, a reforma de saúde que finalmente sair do Congresso deve oferecer "mais e melhores opções de planos de saúde competitivos" para os trabalhadores americanos.

Enzi, que está entre os senadores republicanos que negociam um projeto de consenso com a maioria democrata, já tinha dito em dias recentes, durante uma assembleia popular em Wyoming, que se oporia aos planos promovidos pelos democratas.

Calcula-se que entre 47 e 50 milhões de pessoas carecem de seguro médico nos EUA, e milhões mais têm uma cobertura precária.

Leia mais sobre: reforma da saúde

    Leia tudo sobre: euaobamasenado americano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG