Senado uruguaio aprova descriminalização do abordo

O Senado do Uruguai aprovou hoje um projeto de lei que descriminaliza o aborto. A Lei de Saúde Reprodutiva e Sexual foi aprovada por 17 dos 30 senadores uruguaios em votação realizada na manhã de hoje, disse à Associated Press a senadora governista Mónica Xavier.

Agência Estado |

O projeto de lei aprovado hoje pelo Senado do Uruguai, um país de 3,3 milhões de habitantes que mantém uma estrita separação entre Estado e a Igreja Católica, determina que a mulher pode abortar até a 12ª semana de gestação. Desde 1938, uma lei que sucedeu outra aprovada quatro anos antes determinava que o aborto era considerado crime "em qualquer circunstância", observou Xavier, médica e senadora pelo Partido Socialista.

AE-AP

    Leia tudo sobre: abortouruguai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG