Moscou, 12 nov (EFE).- O Conselho da Federação (Senado) da Rússia ratificou hoje os tratados de amizade, cooperação e assistência mútua em caso de agressão com a Abkházia e a Ossétia do Sul, regiões que Moscou reconhece como Estados independentes.

"Estes documentos respondem aos interesses nacionais da Rússia", disse o vice-presidente do Comitê de Assuntos Internacionais do Senado, Vasyl Lijachov, citado pela agência oficial russa "RIA Novosti".

Ao apresentar os tratados no Senado, Lijachov destacou que estes permitirão à Rússia "defender da maneira mais ativa" os interesses da Abkházia e Ossétia do Sul no âmbito internacional.

A Rússia reconheceu em 26 de agosto a independência dessas regiões separatistas georgianas, depois de suas tropas expulsarem da Ossétia do Sul o Exército da Geórgia.

Os dois tratados foram ratificados pela Duma (Câmara Baixa) no fim de outubro.

Segundo as autoridades russas, estes pactos dissuadirão a Geórgia de lançar ataques militares como o que empreendeu contra a Ossétia do Sul na madrugada de 7 para 8 de agosto deste ano. EFE bsi/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.