Senado russo aprova prorrogação do mandato presidencial

A Câmara Alta do Parlamento russo aprovou nesta quarta-feira uma emenda constitucional, já aprovada pela Câmara Baixa (Duma), que prolonga de quatro a seis anos o mandato presidencial.

AFP |

O Conselho da Federação (Senado) aprovou a emenda por esmagadora maioria, com 144 votos a favor e apenas um contra.

A Duma (Câmara dos Deputados) aprovou a proposta na sexta-feira passada, com 392 votos favoráveis e 57 contrários.

A reforma ainda precisa ser aprovada por dois terços das assembléias das 83 repúblicas e regiões que formam a Federação Russa.

O Conselho da Federação também aprovou uma extensão da legislatura da Duma, de quatro a cinco anos.

Todas as medidas entrarão em vigor a partir das próximas eleições presidenciais (2011) e legislativas (2012).

O presidente russo, Dmitri Medvedev, propôs a reforma em 5 de novembro durante um discurso à nação.

A rapidez com que a emenda foi examinada provocou boatos sobre as intenções do atual primeiro-ministro e ex-presidente Vladimir Putin (2000-2008) de voltar ao Kremlin.

vl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG