Senado dos EUA promete rapidez para enfrentar crise econômica

Os líderes do Senado dos Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira que chegaram a um acordo para examinar e aprovar rapidamente as medidas destinadas a atenuar os efeitos da crise provocada pelos créditos imobiliários.

AFP |

"É um acordo sólido, que tem o consentimento dos dois partidos, para que as famílias ameaçadas possam permanecer em suas casas, para ajudar outras famílias a evitar arrestos futuros e para auxiliar a coletividade" a sair da crise, destaca o comunicado.

O texto foi elaborado conjuntamente pelos líderes democrata e republicano, Harry Reid e Mitch McConnell.

O acordo prevê a redução de impostos para proprietários de imóveis, exigência de transparência em contratos hipotecários, medidas de proteção para as famílias de militares endividados, assessoramento para famílias endividadas e incentivo fiscal para compra de casas arrestadas.

Os legisladores prometem ainda desbloquear 4 bilhões de dólares para ajudar grupos que foram atingidos pela crise.

chr/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG