O Senado americano resolveu investigar vários pastores evangélicos para saber se o estilo de vida milionário deles foi gerado pelas doações de fiéis que acreditam que o dinheiro serve para disseminar a palavra de Deus. Entre os pastores investigados está o reverendo Kenneth Copeland, que acabou de receber um jato particular para pregar ao redor do mundo.

Porém, o jato já teria levado o pastor em viagens particulares a uma estação de esqui e a várias ilhas do Pacífico.

"Não sei como estes homens conseguem dormir à noite. É contra qualquer essência dos preceitos da Bíblia", diz Ole Anthony, da Fundação Trinity, que monitora os programas de pastores evangélicos na televisão americana há 20 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.