Senado dos EUA aprova Kirk como representante comercial

Por Doug Palmer WASHINGTON (Reuters) - O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira o ex-prefeito de Dallas Ron Kirk como novo representante comercial norte-americano, três meses após a indicação do presidente, Barack Obama.

Reuters |

Kirk assume o cargo em meio à crise econômica mundial que cortou drasticamente as exportações norte-americanas e a uma possível contração do comércio global este ano pela primeira vez desde 1982.

O democrata texano disse a senadores que focaria mais em obter garantias de outros países em compromissos feitos sob acordos de comércio já existentes do que em negociar novas parcerias para abrir mercados para as exportações norte-americanas.

Muitos acreditam que isso sinaliza um aumento no número de casos que os EUA apresentarão contra a China e outros parceiros comerciais à Organização Mundial do Comércio.

O trabalho para a nomeação de Kirk foi atrasado no Congresso em razão da votação de pacotes econômicos e nomeações para cargos mais importantes.

O nome de Kirk foi aprovado no Senado por 92 votos a 5, apesar de erros em suas declarações fiscais que exigiram que ele e sua mulher emitissem este mês cheques ao Serviço Interno de Receitas de 7.785 dólares.

Kirk, o primeiro negro a assumir o cargo de representante comercial, prometeu trabalhar com o Congresso para conquistar a aprovação de três acordos de livre comércio negociados pela administração do ex-presidente George W. Bush, mas disse que dois destes acordos representam desafios significativos.

Segundo Kirk, os EUA também continuam comprometidos em alcançar um acordo na Rodada de Doha de negociações comerciais, mas países em desenvolvimento como Brasil, Índia e China precisam fazer ofertas melhores para abrir seus mercados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG