Senado da Colômbia aprova lei para reeleição de Uribe

Por Hugh Bronstein BOGOTÁ (Reuters) - O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, ficou mais próximo de buscar uma segunda reeleição em 2010 após o Senado do país ter aprovado na noite de quarta-feira uma lei que o permite buscar o terceiro mandato.

Reuters |

Uma votação apertada será realizada na Câmara na próximo semana sobre o tema.

A lei pede a realização de um referendo que perguntará aos eleitores se eles querem mudar a Constituição para permitir que o presidente, forte líder no combate à violência, possa concorrer novamente no pleito de maio.

Uribe ainda não disse publicamente se vai tentar mais uma reeleição. Mas seu governo está pressionando bastante pela realização da consulta popular.

O presidente foi eleito pela primeira vez em 2002 e depois reeleito em 2006, após uma mudança na Constituição que permitiu o segundo mandato. Ele é um herói para muitas pessoas por ter tornado as cidades e estradas colombianas mais seguras após um acordo com os Estados Unidos para combater o tráfico de drogas e as Farc.

Uribe é o principal aliado do governo norte-americano na região, onde governos vizinhos, liderados pelo venezuelano Hugo Chávez, criticam regularmente as políticas norte-americanas e reforçam seus laços com Rússia, China e Irã.

(Reportagem adicional de Monica Garcia)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG