Senado corre contra o tempo para votar plano de estímulo

Washington, 13 fev (EFE).- O Senado dos Estados Unidos corre contra o tempo para votar hoje o plano de estímulo econômico de US$ 787 bilhões.

EFE |

O Senado tenta votar o plano antes do início do "Sabbath", o dia de descanso obrigatório judeu, uma religião à qual pertencem 13 dos 100 senadores, alguns deles muito praticantes, como o independente Joe Lieberman.

Além disso, a Câmara Alta quer votar o projeto antes do fim dos horários regulares de voos, já que alguns senadores como precisam viajar com urgência, como o democrata Sherrod Brown, que irá a Ohio para assistir ao funeral de sua mãe.

A urgência é motivada pelo prazo fixado pelos democratas e a Casa Branca para que o plano de estímulo esteja pronto para a assinatura do presidente Barack Obama na segunda-feira.

A Câmara de Representantes aprovou o plano de estímulo com 246 votos a favor e 183 contra. EFE mp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG