Senado confirma novo chefe de Inteligência dos EUA

O Senado dos Estados Unidos confirmou, nesta quarta-feira à tarde, a decisão do presidente Barack Obama de nomear o almirante reformado Dennis Blair como chefe nacional de Inteligência.

AFP |

A nomeação de Blair foi aprovada por votação aberta.

Na semana passada, Blair rejeitou a tortura, que chamou de "imoral, ilegal, ineficiente" e prometeu acabar com os regimes especiais de interrogatórios e com a vigilância ilegal de americanos.

O novo diretor de Inteligência disse que estão previstas mudanças substanciais para as agências americanas de segurança, que se viram envolvidas em grandes polêmicas, em função das prisões secretas da CIA, das práticas adotadas nos interrogatórios e dos grampos telefônicos, sem mandados judiciais, de cidadãos americanos.

Blair disse à Comissão de Inteligência do Senado que dará as boas-vindas a um monitoramento independente do setor, "para prevenir abusos e proteger a privacidade e a liberdade civil dos americanos".

ok/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG