BUENOS AIRES, Argentina - Senadores argentinos aprovaram uma lei que declara a obesidade e outras desordens alimentares doenças que devem ser cobertas pelos programas de saúde públicos e particulares do país.

Os legisladores apoiaram unanimemente a "Lei da Obesidade" na quarta-feira, dizendo que o combate à obesidade, anorexia e bulimia é de interesse nacional.

Agora pacientes podem buscar tratamento para essas condições nos programas de saúde argentinos.

A lei também proíbe a mídia de veicular dietas que não sejam apoiadas por um profissional da saúde e exige que comidas com alto índice calórico exibam um selo de identificação.

A lei já havia sido aprovada pela casa baixa.

A lei da obesidade foi impulsionada por um famoso programa de realidade do país (Questão de Peso) que ajuda os participantes a perder peso.

Leia também:

Leia mais sobre obesidade

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.