Senado aprova envio de 100 engenheiros militares ao Haiti

Brasília, 10 jul (EFE).- O Senado aprovou hoje o envio ao Haiti de 100 oficiais da Companhia de Engenharia do Exército, que se unirão em breve à missão de paz da ONU e trabalharão na construção de infra-estruturas nessa nação caribenha.

EFE |

O reforço das tropas brasileiras no Haiti foi proposto pelo Governo em fevereiro. Em junho, foi aprovado pela Câmara dos Deputados, e hoje recebeu o sinal verde do Senado, e com isso o Exército agora fica autorizado a enviar os oficiais.

O texto aprovado hoje no plenário do Senado afirma que é necessário reforçar a ajuda ao Haiti e pede que seja "redobrado o contínuo apoio da comunidade internacional" a esse país.

Com esta decisão, o número de militares brasileiros no Haiti aumentará para 1.313 com a chegada dos engenheiros militares.

O Brasil está ao comando das tropas da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah), formada por cerca de 6.700 militares e 1.600 policiais de 20 países.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressou várias vezes o firme compromisso de seu Governo com a cooperação com o Haiti. EFE ed/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG