Washington, 17 set (EFE).- O Senado dos Estados Unidos aprovou hoje o plano de despesas da Defesa para o ano fiscal 2009, que subiu para US$ 612,5 bilhões, incluindo US$ 70 bilhões para operações no Iraque e Afeganistão.

A iniciativa foi aprovada por 88 votos a favor e 8 contra, e autoriza uma quantia de US$ 103,9 bilhões para aquisições do Pentágono, US$ 1,2 bilhão a mais que o solicitado pelo presidente George W. Bush.

Além dos US$ 70 bilhões para o Iraque e Afeganistão, o plano de despesas inclui um aumento salarial de 3,9% para o pessoal militar a partir do começo do ano fiscal 2009, que se inicia em 1º de outubro.

A medida terá de ser harmonizada com a versão da Câmara de Representantes aprovada em maio.

Fontes legislativas indicaram que negociadores do Senado e da Câmara de Representantes se reunirão na próxima semana para concluir essa versão final e enviá-la à Casa Branca para a promulgação do presidente. EFE ojl/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.