Senado adia confirmação de Holder como secretário de Justiça dos EUA

Washington, 21 jan (EFE).- A Comissão Judicial do Senado dos Estados Unidos adiou hoje para semana que vem o voto de confirmação de Eric Holder como secretário de Justiça, pois os republicanos querem mais tempo para examinar vários assuntos relacionados com sua indicação.

EFE |

O adiamento foi causado porque os republicanos, minoria, recorreram a um regulamento que automaticamente permite que retardem a votação em uma semana.

Holder foi indicado pelo presidente Barack Obama pouco depois das eleições de 4 de novembro e, se for confirmado, seria o primeiro negro a dirigir o Departamento de Justiça americano.

No entanto, a minoria republicana quer mais tempo para interrogá-lo, por exemplo, sobre o que aconteceria com os agentes envolvidos em métodos coercitivos contra supostos terroristas.

Também querem determinar qual é a situação atual dos tribunais militares estabelecidos para julgar os estrangeiros detidos na base dos Estados Unidos em Guantánamo, Cuba.

Dois juízes militares suspenderam hoje por 120 dias os julgamentos de seis detidos em Guantánamo, depois que Obama pediu mais tempo para revisar qual será a estratégia americana para processar terroristas.

Obama, que durante a campanha prometeu fechar Guantánamo, fez o pedido após sua posse. EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG