Seleção palestina faz primeiro amistoso em casa

A seleção de futebol palestina fez o seu primeiro jogo internacional em casa neste domingo. Em um estádio construído recentemente na Cisjordânia os palestinos enfrentaram a Jordânia em um amistoso que terminou com o empate de 1 a 1.

BBC Brasil |

O primeiro gol foi marcado pelo palestino Ahmed Kashkash.

O presidente da Fifa Sepp Blatter e outros dignitários de países árabes compareceram ao estádio. Uma multidão já ocupava o estádio horas antes do começo do jogo.

Até o amistoso deste domingo a seleção palestina era obrigada a jogar na Jordânia ou no Catar. E Israel negava permissões para alguns dos jogadores viajarem da Faixa de Gaza para os locais dos jogos.

Mas, desta vez, todos os jogadores, que são da Faixa de Gaza, tiveram permissão para participar do jogo histórico.

Controle
Israel controla o acesso à Cisjordânia e a movimentação dentro da região. O técnico Izzat Hamzah afirmou que este controle teve um impacto negativo no preparo de seu time.

"Temos muitos jogadores de fora da Palestina - eles não receberam permissão para vir por causa da ocupação", afirmou.

O técnico acrescentou que jogadores de várias partes da Cisjordânia foram detidos nos postos de fiscalização.

Desde seu reconhecimento pela Fifa, há dez anos, a seleção palestina teve que realizar em outros países os seus jogos internacionais que seriam disputados em casa.

Muitos dos torcedores que compareceram ao amistoso deste domingo afirmaram que o jogo deu a eles o sentimento de orgulho e, como disse um torcedor, "um gosto de liberdade".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG