Seis soldados morrem em combates com talibãs no Paquistão

Pelo menos seis membros das forças de segurança paquistaneses morreram em combates com talibãs no conflituoso cinturão tribal fronteiriço com o Afeganistão, informou neste sábado à Agência Efe uma fonte militar.

EFE |

O porta-voz Murad Khan disse que, nos confrontos, que aconteceram até esta madrugada no distrito tribal de Bajaur, também ficaram feridos 16 membros das forças de segurança.

"Um comboio das forças da fronteira foi atacado na sexta-feira por um grande grupo de insurgentes na zona de Dheli, cerca de dez quilômetros da localidade de Khar, por causa do qual se iniciaram combates que duraram até a noite", disse Khan.

O Exército confirmou na sexta-feira a morte de 30 talibãs, mas outras fontes independentes situaram o número em cerca de 6 vítimas.

As forças de segurança realizam há três dias uma operação contra os esconderijos dos insurgentes nesta demarcação, que é considerado reduto da insurgência talibã no país.

"A situação em Bajaur tinha se tornado instável demais. A ausência do Exército ofereceu muitas possibilidades à militância radical. A ação era necessária", disse à Agência Efe o porta-voz militar Athar Abbas.

O porta-voz acrescentou que, neste momento, não há mais nenhuma frente aberta na zona, mas ressaltou que as forças da fronteira continuarão realizando tarefas de controle e busca.

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG